Blog do Leão Pelado



Este blog está construído segundo as normas da W3C, pelo que pode apresentar irregularidades em browsers que não as sigam, como o Internet Explorer e o Google Chrome. As bandas rotativas não funcionam no IE e as molduras são duma só cor.


Visite o blog da Mentira!
Colaboradores:

A. João Soares, Aruangua, J. Rodrigues, Sapiens, Mentiroso



Blog com Tomates

Este blog foi agraciado com a distinção de Blog com Tomates. Porém, a lógica com que este prémio está sendo atribuído, deixou de satisfazer ao espírito que ditou a sua instauração. Nestas circunstâncias a nomeação deixou também de fazer sentido, pelo que não pode ser aceite.

Esta nomeação, copiada do do original com o nome em inglês “No Fear” foi instituída sob os mesmos princípios do seu original, ou seja, com a intenção de distinguir blogs que fossem arautos da defesa dos direitos fundamentais do ser humano. Todavia, este princípio foi desrespeitado a ponto da nomeação já não fazer qualquer sentido, ainda que muita gente possa continuar contente por receber uma distinção que perdeu o seu significado por completo. Ao que parece, a fundadora da versão portuguesa da distinção já previa esta aberração, pois que muito bem escreveu logo no seu blog: «reservo-me o direito de não incluir na lista de links deste blog nomeados que claramente desrespeitem ou não se insiram no acima exposto.» E isto aconteceu e repetiu-se como se da verdadeira norma se tratasse.

Esta nomeação deixou de ter valor desde que, primeiro, foi atribuído a blogs literários, alguns excelentes e de veras interessantes, mas que não se inserem na definição do prémio. Não tem este blog nenhuma pretensão literária, é absolutamente inferior a esse blogs sob esse tema e não pode nem quer a eles ser comparado, o que seria no mínimo uma irrealidade.

Em segundo lugar o prémio foi atribuído a alguns blogs sem qualquer razão que o apreço pelos seus posts, a da amizade ou simpatia de compadrio, pois que muitos deles nem se ocupam que muito esporadicamente do assunto objecto do prémio.

Por demais, em terceiro lugar – e isto é bem pior e diferente – o prémio foi ainda atribuído a blogs que se podem até considerar como traidores, por defenderem causas anti-nacionais ou se baseiam em publicações ou causas espanholas ou contra Bascos (desrespeitando simultaneamente a Declaração dos Direitos Humanos e a Carta da Nações Unidas), directamente em oposição à finalidade inicial da nomeação, tornando-a assim numa vergonha para aquele que a aceite em semelhantes circunstâncias.

Em quarto lugar, existe ainda o caso de algumas nomeações entre os muitos blogs que se aproveitam das circunstâncias presentes para fazerem uma suja propaganda oportunista partidária, desvalorizando a questão de base, que é geral e sem distinções. Como exemplo deste último, que cito por crer não ter sido nomeado (o que seria o cúmulo da desonra da nomeação), temos o blog intitulado José Maria Martins, em que se lêem casos objectivos, mas com análises invariável e chapadamente parciais, com conclusões clara e abertamente partidárias, donde a mencionada propaganda aberrantemente facciosa. A apresentação dos casos e as declarações são mais do que suficientemente claras para se reconhecer que, tal como os políticos corruptos, se conta com a ignorância e aceitação geral da pobre carneiragem para fazer passar a propaganda sectária. São estes falsos profetas que enganando a população, não lhe permitem tomar uma posição democrática, equidistante e independente dos partidos, causa principal do estado em que o país se encontra. Donde, tal procedimento, ainda que demasiado comum, torna-se uma autêntica traição à nação.

Finalmente, foram ainda nomeados blogs que apagam os comentários que não lhes convêm, embora estes sejam justos e judiciosos. Até hoje, o Blog do Leão Pelado nunca apagou qualquer comentário e só o poderá fazer por causa universalmente considerada como justa, não para matar desonestamente uma discussão, sempre sadia.

Assim sendo, o Blog do Leão Pelado agradece a nomeação por ela ter sido amavelmente ofertada de boa fé pelo blog Do Mirante, um blog que tem demonstrado uma permanente e inalterável honestidade na sua luta permanente pelos Direitos Humanos bem além da grande maioria dos outros blogs que seguem a mesma linha, estando portando acima de toda e qualquer suspeita do que aqui se indica.

9 mentiras:

Barão da Tróia II said...

Em parte concordo contigo, a minha barraca já foi agraciada com tomates e mais tomates e mais não sei o quê, fico contente claro, agradeço a quem teve a gentileza de considerar importantes as escrevinhadelas que lá coloco, claro que escrevo na por vezes vã esperança de ser lido, para que essa leitura desperte pelo menos alguém, não coloco lá os "prémios" porque não o sei fazer e mesmo que soubesse não acho piada, concordo que a coisa se banalizou. Mas também não é caso para tanto, acita lé que tu mereces, porra. Boa semana

Isabel Magalhães said...

Caro Leão sem pelo;

Realmente não é caso para tanto. A vida não pode ser levada tão a sério, e muito menos a blogosfera, vulgo um insignificante 'par de tomates'. Descontraia, aprenda a rir, mesmo dos disparates dos outros e dos seus. Não seja tão sizudo, tão cinzento. O MUNDO não é perfeito, as pessoas não são perfeitas... e esse frenesim ainda lhe traz uma gastrite. No mínimo.

Um abraço colorido e um monte de sorrisos.

I.

Mentiroso said...

Oh Cara Isabel, eu sei que não é essa a sua ideia, mas quem a ler e não souber vai ficar a pensar que quer dizer que o melhor é cruzarmos os braços e continuarmos como estamos. Ou então taparmos as orelhas para a água não entrar e deixarmo-nos afogar. Ou seja, deixar que nos espoliem, matem, esfolem, gozem enquanto nos rimos alegremente como tarados que somos. E enquanto não morremos pedirmos aos castelhanos para nos virem salvar deitando a mão às sobras. Assim consome-se tudo com calma e uma alegre tristeza encoberta.

Isabel Magalhães said...

Oh Caro Leão, ainda bem que sabe que não é essa a minha ideia. Quanto ao que terceiros possam eventualmente pensar... olhe, I couldn't care less.
Já agora diga-me aqui que ninguém nos ouve, essa 'ebulição' interior resolve-lhe os seus problemas ou os da humanidade? Não acha o MUNDO demasiado pesado para o carregar às costas? :)

Mais um abraço.
I.

Savonarola said...

Acho muito bem exposta a teoria do Leão Pelado. A banalização desvirtua o princípio: de que serve ostentar um bom par "deles", se afinal toda a gente os tem? Até a mim, pobre pecador anarquista - que os ostento lá no meu blog - me atribuíram esse prémio! Com uma importantíssima ressalva: quem me atribuiu o prémio merece a minha maior consideração, como identifico claramente no post correspondente à atribuição do prémio.
Em suma, a ideia original do prémio é excelente, mas a democracia obriga a que se respeite o direito à liberdade de expressão, recusando o próprio prémio!
Um abraço anarquista

Joao Soares said...

Obrigado pelas explicações. O facto de fazer uma pausa é mais para me poupar, pois postar todos sabemos que implica uma grande dose de tempo e pesquisa, mas não significa que me impeça de visitar os blogues com grand einteresse como o leão sem pleo. Por isso inclui-o e divulgo aqui o meu Dossier Terra Política- http://bioterra.blogspot.com/2006/12/terra-poltica-mais-links.html

Dalila said...

Obrigada pelo comentário.

Beijo

LFM said...

Bendita a hora em que lhe atribuiram este prémio, quanto mais não seja pelo excelente post que originou.
Eu apenas não gosto de me sentir 'obrigado' a escolher e detesto coisas do género 'passa a outro e não ao mesmo'.
Acho que o prémio foi bem atribuido a este blogue e fiquei muito curioso, pois adorava saber que 5 recomendações faria.

A. João Soares said...

Caro Leão Pelado,
Pela nossa troca de e-mails já conhecia esta sua posição que compreendo totalmente. Este género de prémios tem sempre esta sina, começa muito bem intencionada, mas depois as e-amizades levam a desvirtuar a finalidade. Mas essas anomalias que refere são excepções que confirmam a regra, porque a maioria dos premiados, como o meu amigo, são casos que merecem ser destacados. E foi por isso que o incluí na minha lista.
Há um outro efeito perverso que o seu texto não refere, e que o amigo não teme, que é o de a lista dos premiados focar as atenções dos esbirros do regime. Veja o que acontece ao Do Portugal Profundo e o que está a acontecer ao portal brasileiro Portugal Club.
Os blogs são espinhos cravados na garganta de ditadores, como a China e muitos outros países, e não digo mais...
Um abraço